noticias

Tumulto acaba com Policial Militar e acusado feridos em Caxias do Sul


Um homem de 51 anos foi detido por lesão corporal, desacato e resistência na noite deste domingo, dia 12. O caso começou na Rua João Rippel, bairro Industrial, em Caxias do Sul, por volta das por volta das 19h40min.

Segundo informações registradas em boletim de ocorrência, tudo teve início na Rua João Rippel, quando um homem de 32 anos acionou a Brigada Militar, pois estava sendo ameaçado de morte pelo ex-marido, de 26 anos, da sua esposa.

Foi informado aos policiais, que os dois indivíduos haviam discutido e trocado agressões mútuas. Após o ocorrido entre os dois, de acordo com o boletim de ocorrência, o ex-marido de 26 anos teria saído em um Peugeot preto ameaçando de morte, aos gritos, o homem de 32 anos.

O ameaçado foi socorrer-se na casa de um amigo, enquanto aguardava a chegada da polícia. Quando os policiais chegaram, o acompanharam até sua residência e, ao chegar no local, se deparam com a porta arrombada e os móveis no interior da casa danificados.

Neste momento, a vítima teria recebido uma ligação de um terceiro homem informando que indivíduos armados, a bordo de um Celta preto, foram até a residência, a sua procura dizendo que o matariam.

A vítima ainda teria recebido uma mensagem do pai do acusado, como isso, os policiais acompanhados do ameaçado foram até a casa do homem que enviou a mensagem, na Rua Pedro Poloni, bairro Desvio Rizzo. No local, o pai do acusado informou aos policiais que seu filho teria sido agredido pelo homem o acusava.

Diante dos fatos, o policial que atendia a ocorrência avisou que as duas partes envolvidas iriam para a delegacia esclarecer a situação. Mas então, quando todos imaginavam que os ânimos haviam se acalmado, o pai do acusado foi até a janela da viatura e disse que não iria ser conduzido a delegacia, pois não era bandido.

Neste momento, o homem começou a desferir palavras de baixo calão contra o policial e, em seguida, teria o agredido com um soco no rosto. Ainda segundo boletim de ocorrência, foi necessário uso da força para conter e algemar o agressor do policial. Durante a tentativa de conter o homem, ele ainda tentou subtrair a arma do policial militar.

O agente ainda foi agredido pelo filho do agressor e sua esposa para impedir que ele fosse algemado. Após todo tumulto, foi solicitado reforço para encaminhar todas as parte à Central de Polícia.

Na delegacia, o homem de 26 anos foi revistado e com ele foi encontrado um canivete.

A ocorrência foi registrada como lesão corporal, ameça, desacato e resistência, ambos consumados.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *