noticias

Perícia confirma “Seu Cabreira” como morto em incêndio de casarão no Rio Branco


O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Caxias do Sul confirmou na noite desta terça-feira, dia 10, que “Seu Cabreira”, Antônio Sérgio Borges da Silva, 76 anos, é a vítima fatal do incêndio que destruiu um casarão histórico na avenida Rio Branco, em Caxias do Sul. O sinistro ocorreu na noite do dia 27 de maio.

Para a identificação, foi necessário que a filha de Silva fornecesse material genético para exames e posterior confirmação da vítima. “Seu Cabreira” será sepultado às 16h desta quarta-feira, dia 11, no cemitério de São Romédio e não haverá velório.

O idoso era bastante conhecido dos moradores do bairro Rio Branco. Ele costumava ficar tomando chimarrão sobre a calçada na frente do casarão onde residia, sempre na companhia do cão Max. O cachorro não foi mais encontrado após o incêndio e acredita-se que morreu carbonizado.

O incêndio

O sinistro de grandes proporções provocou a morte de “Seu Cabreira” e destruiu um antigo casarão onde funcionava uma pensão e uma estofaria na esquina da avenida Rio Branco com a rua Olavo Bilac, na noite de 27 de maio.

O casarão, que no início do século passado abrigava um dos primeiros hotéis de Caxias do Sul, foi rapidamente consumido pelas chamas. Além da morte de Silva, ao menos outras quatro pessoas ficaram feridas. Três delas tiveram ferimentos leves e uma foi levada ao hospital pelo Samu com fraturas.

Guarnições do Corpo de Bombeiros tentaram combater o fogo e evitar que se alastrasse para residências ao lado. Porém, devido a força das chamas, parte da estrutura da casa cedeu e desabou sobre o imóvel ao lado na rua Olavo Bilac. O fogo só foi controlado por volta das 22h30min.

Praticamente todo o bairro Rio Branco ficou sem energia elétrica, pois o sinistro detonou grande parte da fiação elétrica em frente ao 3° GAAE.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *